Sexta, 04 de julho de 2014 às 18:00

Mini Top Model - Bruna Barbieri

Mini Top Model - Bruna Barbieri

Bruna Barbieri

Mini Top Model no ar! Hoje vamos falar com uma modelinho que será referência para as tweens e adolescentes!

Bruna Barbieri tem 14 anos e é incrivelmente decidida e inteligente, e uni isso com uma beleza de tirar o fôlego... Receita de sucesso não é mesmo?!

Vamos conhecer um pouco mais dessa linda?

Fashionini:  Nome e idade?

Ana Elisa: Bruna Barbieri, 14 anos.

Fashionini: Quais os tipos de trabalhos que ela faz?

Ana Elisa: Bruna só gosta de fotos e desfiles, apesar de já ter feito parte de dois comerciais.

Fashionini: Nome da mamãe ou papai quem normalmente acompanha trabalhinhos?

Ana Elisa: Ana Elisa Barbieri. Sou eu, a mãe, que sempre a acompanho, e raramente é a irmã mais velha.

Fashionini: Quando tudo começou? Qual era a idade dela? Qual foi seu primeiro trabalho?

Ana Elisa: Comecei a leva-la em agencias com 7 anos de idade, porém o seu primeiro trabalho foi aos 8 anos. Resolvi leva-la porque todos que a viam ou a conheciam insistiam, que eu deveria leva-la para fazer fotos ou ao menos tentar, e isso, juntamente com o pedido dela, em querer ser modelinho, me fez ceder e procurar algumas agencias que já tinham feito propostas de agenciamento a ela antes.

Fashionini: Quantos trabalhos ela já fez? Como fazer para conciliar a agenda de trabalhos com a escola? Qual foi o trabalho predileto dela?

Ana Elisa: Bom, a quantidade de trabalhinhos eu não sei ao certo, mas acho eu que já foram mais de 30.

Fashionini: Qual é a sensação ao ver um trabalho realizado? Como lidar com o assédio, exposição, cansaço...entre outras dificuldades?

Ana Elisa: Eu adoro ver ela realizada, e como ela gosta muito, eu fico muito feliz também. Além de que, quando o trabalho fica bonito a gente fica bem vaidoso também (rsrs). Mais uma coisa que eu acho muito importante é de como a criança é tratada durante a realização dos trabalhos, isso eu presto sempre muita atenção. Já participamos de trabalhos com equipes estressadas, ou simplesmente grossas ou arrogantes, que não foram muito agradáveis, infelizmente. Como tudo que existe, sempre há algumas dificuldades claro, como, a concorrência em si, as agencias desleais, os atrasos nos pagamentos de cachê, entre outras coisinhas. Quanto ao assédio, eu nunca fui de expor muito a Bruna, primeiro que sempre tive um certo receio e medo disso e, também porque ela nunca gostou de ser muito exposta, principalmente por causa dos colegas da escola.

Agora nossas perguntinhas diretas para a Bruna...

Fashionini: O que você quer ser quando crescer?

Bruna: Eu gostaria de ser uma cientista ou uma artista, gosto muito de desenhar, dançar, e da natureza e principalmente do espaço, universo.

Fashionini: O que você mais gosta nos trabalhos, e o que menos gosta?

Bruna: Gosto de como o trabalho se desenrola, da energia das pessoas desta profissão. Também me sinto muito bem em frente de uma câmera. Eu gosto muito de tudo, e como também eu sou respeitada ou admirada quando estou trabalhando, isso é bom porque me dá motivação. Outra coisa, adoro muito ser produzida e de ver também a transformação. Que uma produção é capaz de fazer em você! (rsrs)

Fashionini: Qual é seu ídolo? Pode ser mais de um!

Bruna: Eu admiro a Gisele Bündchen, Albert Einstein, Jensen Ackles, Jared Padalecki e o Led Zeppelin.

Fashionini: O que é moda pra você?

Bruna: Moda é uma interpretação corporal própria das pessoas, traduzida em arte.

Fashionini: Cor favorita?

Bruna: Preto e branco, e vermelho e roxo.

E um último depoimento da mamãe...

Ana Elisa: Acho importante que a criança goste, em primeiro lugar, e não os pais. Já aconteceram trabalhos em que a Bruna literalmente representou fisicamente e expressamente, como se estivesse atuando em uma peça de teatro ou filme, e isso naturalmente sem ninguém ter um dia a motivado ou ensinado aqui em casa, ou mesmo sem ela se quer ter feito algum curso de expressão para este fim, e isso fez algumas vezes as equipes de produção se impressionar com a desenvoltura natural dela, chegando a vezes a ser muito admirada por isso. Isso em si, por vezes me causava um certo espanto! Algo de engraçado uma vez foi, em um trabalhinho, chegaram a duvidar da cor de seus cabelos, por terem uma cor bem diferentes do ruivo normal (rsrs), é um ruivo escuro. Eu só continuei com a profissão dela até hoje, por ela gostar muito e também por achar um desperdício para com a carreira que ela mesma construiu, uma coisa dela e jogar anos de trabalhos e sacrifícios dela fora. Mas uma coisa é certa, na adolescência os trabalhos diminuem bem consideravelmente, infelizmente.

Gente! Estamos impressionadas! Temos certeza que a Bruna será muito sucedida em qualquer carreira que escolha, seja de modelo ou cientista!

Muito obrigada pela entrevista, nós adoramos, e temos certeza que os nossos leitores também.

Um beijo grande,

Monique Paganini

 

255

Cadastrar
  • Ana

    Bem o que falar da Bruna, minha eterna modelo. Sempre adorei trabalhar com ela, pois se comporta bem, e super fotogênica,muito expressiva. Fizemos juntas muitos trabalhos e todos com resultados ótimos.Espero muito que ela tenha sucesso sempre.

  • Rosita Piller Trinci

    Bruna Barbieri, linda e inteligente. Em suas fotos passa firmeza, desenvoltura e meiguice.

  • gisele do valle silva

    linda demais .....

VIDEO DA SEMANA

Conclua seu cadastro para comentar no site

Já possuo cadastro Continuar

Entrar com Facebook